Reação de Vacina

O que é?
É uma secreção amarelada (pus), normalmente fruto da reação da aplicação  e vacina ou medicamento no animal. O tipo da vacina (meio aquoso ou oleoso) utilizado, ou procedimento aplicado pelo pecuarista podem interferir diretamente no aparecimento dessa secreção.

O que fazer para evitar?
Para evitar que isso ocorra, algumas práticas devem ser adotadas na vacinação, tais como:
– Adoção de boas práticas de higiene, como lavar as mãos com água e
sabão antes das aplicações;
– Esterilizar os materiais, como pistolas e agulhas antes de serem usados (de preferência fervendo em água por cinco minutos);
– Deixar secar e posterior armazenar em local limpo;
– Cuidar da higiene no local onde as vacinas serão manejadas, manter os frascos sempre protegidos do sol e em ambiente refrigerado de 02
a 08°C.
– Observar sempre a validade do medicamento;
– Não deixar ocorrer o congelamento da vacina;
– Respeitar as recomendações do rótulo ou bula;
– Tomar cuidado com o tipo de agulha e seu estado de conservação:
– Aplicação subcutânea / vacina aquosa: agulha 10×15;
– Aplicação subcutânea / vacina oleosa: agulha 15×18;
– Aplicação intramuscular / vacina oleosa: agulha 30×15;
– Ter cuidado com o local de aplicação, conforme o tipo de vacina e quanto ao posicionamento da agulha (manter inclinada e sempre com a agulha apontada para baixo);