Tuberculose Bovina

A tuberculose bovina é uma doença animal crônica, causada por uma bactéria designada pelo nome de Mycobacteriumbovis, que está estreitamente relacionada às bactérias que causam a tuberculose humana e aviária.

A evolução da doença é lenta e muitas vezes a bactéria pode se manter em estado latente no hospedeiro, sem manifestar a doença. Por isso um animal infectado pode transmiti-la a muitos outros elementos do rebanho antes que se manifestem os primeiros sinais clínicos.

Esta doença pode afetar praticamente todos os mamíferos, causando mal estar generalizado, tosse e até mesmo a morte.

Controle e erradicação da tuberculose:

  • Testes tuberculínicos;
  • Certificação de rebanhos livres da doença;
  • Certificação de “áreas livres” da doença;
  • Sacrifício dos animais reagentes (positivos);
  • Verificar a possibilidade de contágio com outros animais da propriedade;
  • Isolamento dos animais com diagnóstico inconclusivo;
  • Desinfecção de instalações, como cochos, bebedouros e salas de ordenha, retirando-se todo o resíduo orgânico e desinfetando preferencialmente com hipoclorito de sódio 10%;
  • Examinar clinicamente o rebanho e verificar a possibilidade de existência de animais não reagentes, como recém paridos, recém infectados ou em fase adiantada de doença já enfermos;
  • Aconselhar a realização de exames de saúde das pessoas envolvidas;
  • Pasteurização do leite cru, ou seja, aquecimento de 62,8 a 65,6 ºC, por trinta minutos (pasteurização lenta) ou aqueci-mento do leite cru a 71,7 ºC por quinze segundos (pasteurização rápida), que destrói a bactéria. 

    Obs: Para maiores informações, procurar a Defesa Sanitária da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *